terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

“Tu não sabe o que fala, menina! Olha só a tua roupa! Não se dá o mínimo respeito. Parece moça de vida fácil. Daquelas que saem e deixam a roupa em casa. Tua perna é estampa de jornal é? Cubra isso já! Perna de biscate e batom de puta! É isso mesmo o que você é! Uma puta! Não tem pudores! Saí nua na rua! PUTA! SEM  VERGONHA!” Dizia a mulher que sempre sonhou ser uma vadia dessas de vida fácil. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário