sexta-feira, 29 de julho de 2011

O entardecer de um dia fatídico

Eu nao fui embora de repente, como queria
porque eu não sabia se entenderia,
se conseguiria enxergar atraves dos meus olhos,
não sabia se você entenderia.
Eu quero ser quem eu sou,
queria apenas voltar para a minha casa,
onde eu me sinto bem,
mas mesmo assim,
eu ainda não conseguiria entender,
por que menti todo esse tempo,
e ainda assim dizia que não partiria seu coração,
que nunca te abandonaria sem te dar razão,
mas esta noite,
a única coisa que eu posso dizer,
é que eu preciso ir embora,
procurar me entender,
ser quem eu realmente sou,
longe de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário