quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Você precisa se amar

Você precisa se amar. Você precisa sair na rua com a roupa que você mais gosta, ouvindo a música que você mais gosta. Você precisa se aceitar e aceitar que é sensível a beça. Aceitar que se a pessoa que você gosta falar um A diferente, você já vai pensar que ela não te quer mais. Você precisa entender que nem tudo o que você sente pelas pessoas é amor. Não é cara. Isso que você sente é tudo culpa sua. Você joga esperanças na pessoas e espera que ela correspondam as suas expectativas. Mas faz tudo isso sem saber que está fazendo. E depois fica se martirizando porque sua insegurança é maior do que a sua vontade de se sentir livre. Livre, digo, para aceitar que gosta sim e que não tem medo ou vergonha de esconder. Você precisa de um tapa na cara para ter coragem de entregar a outra face do rosto para um outro tapa e se arriscar mais. Gozar mais na vida e não só bater punheta esperando que isso te dê prazer. É disso que você precisa e não de que as pessoas digam que você é bonita. Se sinta bonito, e goze por isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário