domingo, 10 de fevereiro de 2013

Ó, Sonhar (dor)


Você,
sonhador,
escala o mundo buscando segurança.
O que encontra são novas aventuras,
aquelas que te partem ao meio,
mas há como se reconstruir,
e todos sabemos disso.
Cada um sabe si,
mas eu sei de todos.
A maioria são todos iguais,
e você,
sonhador,
sonha demais.
Não fala,
assim pouquinho,
quase nada,
tentando adivinhar pensamentos,
tentando reprimir suas falas.
Fecha os olhos,
ó sonhador,
tente mais um pouco
e o sol em seu rosto vais amenizar sua dor.
Sonhe muito,
sonhador,
fale pouco,
repressor,
ame na medida,
medidor.
Medidor de feridas,
disfarçando as caídas
e as despedidas
dos copos de bebida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário