quinta-feira, 19 de maio de 2011

Eu não preciso de nada disso...

Eu não quero ouvir falar de nada,
eu não preciso ouvir falar de ninguém,
pois a única coisa que eu quero agora
é sair correndo.

Eu não preciso de nada disso
tudo o que me importa está longe desta cidade,
tudo o que eu quero é muito maior do que eu posso ver.
Eu vou seguindo então a minha vida,
e que você seja feliz o quanto eu pretendo ser.

Vou seguir a minha trilha,
sair correndo e finalmente gritar todo o que eu quiser dizer,
sem ter que medir minhas palavras,
e nem precisar em esconder,
pois eu não preciso disso,
eu não quero isso.

Eu só quero dançar a noite toda,
e poder voltar quando eu quiser,
não dever nada a ninguém
e acelerar o meu carro.

E só de pensar
que um dia eu quis te dar tudo
eu me perco,
mas sobrevivo.
Sobrevivo para fazer tudo o que eu quiser fazer,
e escrever a minha própria história.
Eu não preciso de nada disso,
tudo o que eu quero está longe demais,
mas estou me esforçando para alcançá-los,
e finalmente poder dizer tudo o que eu sempre quis.

-Eu não preciso de nada disso que me cerca
e que por muitas noites frias me fez chorar.
Eu não quero mais nada disso que me aflinge,
eu só quero ser feliz
e me perder
portanto,
adeus,
pois juntarei meus trapos
e quem sabe eu volte para te ver.

Um comentário:

  1. Adorei as atualizações do seu Blog

    http://aleitoracassia.blogspot.com/

    http://verdorinvisivel.blogspot.com/

    ResponderExcluir