quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Por amor...

Eu poderia te dar um novo sol toda manhã,
mil gotas da chuva que cai de seus olhos
enchugar teus prantos
por amor.

Te daria uma linda lua toda noite,
uma nova estrela a cada caminho
uma nova voz a cada grito,
tuso isso por amor.

Te acompanharia á cada passo em falso
te alertaria a cada perigo ao máximo
lhe estenderia minha mão para ficarmos cada vez mais próximos,
faria tudo isso por amor.

Limparia teus olhos á cada choro imcompreendido
limparia teu sangue a cada ferida aberta no frio
cantaria tua música preferida
pelo o que?
Por amor.

Mas não importa se está distante,
ou se nem sabe que eu penso em você
ou então,se já tens outra para te escrever
Não me importa se já tens outras mãos para te aquecer
Se já há outro alguém com você
Não me importa...
Por que eu ainda faria tudo isso e muito mais por amor
Apesar de toda dor,
eu faria.

Mas não importa se é só fantasia
Por que eu vivo em um eterno carnaval
e sem mais delongas,
queria tê-lo agora em meu quintal
para fantasiarmos juntos,
para eu te dar meu mundo,
sem nada em troca e sem moral,
Porque eu faria tudo isso e mais uma porrada de coisas
Por amor.
Mesmo sem saber o que é isso.


Ana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário