segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Sem fim...

Em uma noite pós-culto,escutei uma irmãzinha falando sozinha.
Depois de alguns segundos a observando,eu vi que ela não estava sozinha,havia uma mulher do seu lado.Era sua professora de artes,mas que no entanto era a Lider dos jovens na Igreja.A mulher dizia assim para a pequena:
''-Filhinha,porque você tem me abandonado?
Você sempre foi minha pequena,
Porque você não me procura mais?Porque você não fala mais comigo?
EU NÃO TE ABANDONEI!
Eu sou o seu sustento,eu te guardo,eu não deixo nada de ruim te acontecer,porque eu te separei desde o ventre de sua mãe!!
Eu sou o seu alimento,
e não há mais nada que você precise além de mim.E mesmo que você não me procure,eu te vejo dormir todos os dias e EU ESTOU LÁ COM VOCÊ!Mas você nem me nota...''


E a mulher chorava.A pequena moça chorava,soluçava e relembrava de quando era criança.Foi seu choro mais verdadeiro.Foi seu choro por um toque.

Depois de um certo tempo,a pequena irmãzinha me disse que sabia que era Ele.Só podia ser Ele:
-''Ele citou os meus amigos.Ele disse que eles precisavam de mim e que eu era a Luz para eles.Disse ainda que eu não devia perder meu dom para ser igual a eles.Ele falou o nome dos meus amigos!''
Então eu me arrepiei.Eu sabia do que ela falava.E você pode até não acreditar,mas quando lhe acontecer,você cairá de joelhos e verá seus braços se arrepiarem sabendo que não há um fim.
E eu por alguns minutos pensei que houvesse terminado.E então perguntei para a pequena sobre o fim.Eu precisava de um.
Então ela me respondeu:
-''Humm,eu não sei...Meu fim ainda não aconteceu...''
E a pártir daí nós vimos que ainda não houve um fim.
É apenas o começo.Nem que o começo seja a morte,afinal,A morte é só o começo,mas que não vem ao caso agora porque sua eternidade será cumprida em vida no paraíso e não em morte em meio ao martírio...

-Baseado em fatos reias.Te amo demais pequena!

Ana Carolina Diogo de Jesus.

2 comentários:

  1. ee nom há fim, porq a alguem capaz, qe vai ajudar a pequena menina a apenas começar

    ResponderExcluir